O místico e a física quântica

28/05/2009 23:59

Monica Buonfiglio
Texto originalmente publicado em:
http://www.terra.com.br/esoterico/monica/colunas/lista_colunas.htm

*Cedido pela autora

    No livro " O Ser Quântico", a autora, Danah Zohar, diz que "as influências mais poderosas sobre nossa cultura moderna derivam da revolução científica do século XVII, do cultivo da dúvida cartesiana e do nascimento da física newtoniana ou clássica. Esta filosofia arrancou os seres humanos do contexto religioso, social e familiar e lançou-os de ponta-cabeça na chamada "cultura centrada no eu" (...) Assim, ao longo destes trezentos anos, físicos e não-físicos tem encontrado na coloração fria da visão newtoniana suas filosofias pessoais. (...) A grande maioria das pessoas foi obrigada a viver na era do herói existencial, audaciosamente indiferente ao Deus morto, tornando-se criador de seus próprios valores e guardião da sua própria consciência. Grande parte da violência do século XX, é uma reação natural diante de tamanha impotência. Isto faz com que o homem sinta-se um estranho no mundo". E continua: "Ele reclama do sol, da chuva, do céu e todas as coisas".
    Toda a realidade depende do que vemos e sentimos. Somos apenas uma essência monádica, uma pequena parte do grande todo que fica concentrado no corpo causal. E mais: nossa mente e corpo estão estreitamente ligados ao fator "tempo", à quadridimensionalidade. Para você entender como o corpo mental é mais poderoso do que seu corpo físico, basta verificar que os cérebros estão aumentando de tamanho ao longo dos tempos. O mesmo acontece com o corpo físico, mas de forma mais lenta. Bons pensamentos e boas palavras produzem a ressonância mântrica na aura, produzem uma gravidade específica, flutuando na parte superior do seu corpo. Ela é intensa quando existe o sentimento não egoísta em ajudar as pessoas sem receber recompensa alguma. Já os pensamentos de ódio, ciúmes, egoísmo e palavras de baixo calão tendem a gravitar na parte mais baixa do corpo físico. O corpo astral percebe uma situação e envia uma mensagem para o corpo mental de alerta.
    Quer evoluir seu plano mental? É muito simples. O primeiro passo, e o mais importante, é ter a consciência disto. Pense de forma correta, evitando os pré-conceitos e julgamentos a qualquer que seja. É a qualidade dos pensamentos que determinam seu corpo mental e não a quantidade. O místico está mais próximo da física quântica do que imagina, mas não se dá conta disso. Ele está aberto a acreditar em cristais, seres da natureza, etc., mas muitas vezes se nega a pesquisar sobre os temas espiritualistas e assim, incapaz de colocar em ordem suas experiências, racionalmente.

Voltar