A Vida e o Espírito de Baruch de Espinosa. Anônimo Clandestino do Século XVIII. Martins Fontes Editora - Livro

A obra De Tribus Impostoribus carrega certo “misticismo” desde a Idade Média por afirmar que os líderes das três grandes religiões monoteístas eram impostores. Isso aumentou com a filosofia panteísta de Baruch de Espinosa, acusado de ser um dos mais “ímpios ateus” de todos os tempos. Já no ano de 1719, foi publicada uma biografia anônima do filósofo e pouco tempo depois surgiu um outro texto, também anônimo, sobre Espinosa. Depois desse ano, muitas outras versões surgiram associando sempre o filósofo à obra mítica dos supostos impostores monoteístas, no entanto, sem prova real de que ele foi o autor. Esse livro reúne os textos envolvendo essa estranha polêmica, ficando a cargo do leitor julgar sobre a verdade dos fatos.