Maîtreya – O Buddha Futuro. Louis Latourrette. Madras Editora - Livro

Desde sua mais antiga tradição, um budista tem deveres apenas consigo mesmo e não com aqueles que se dizem representantes de Deus. Buddha seria sua força interior, a capacidade de realização, de criação. Aliás, o nome Buddha significa “o iluminado” ou aquele que alcançou o mais algo grau de conhecimento. Por essa razão, o Budismo é um estado de iluminação interior.
Já “Maîtreya” é considerado o Buda futuro, o grande varão que virá. Segundo o livro, ele não é um messias, mas sim um homem que, como todos os outros, atravessou milhares de transmigrações e, em cada uma, exerceu todas as suas faculdades para descobrir uma nova fração de sabedoria. É a luz da manhã, o amor universal e incondicional; é compaixão e ternura pela humanidade. Para o autor, que tem como objetivo apresentar os fundamentos do Maîtreya ao leitor, será de grande valor que a pessoa esteja predisposta a compreender essa filosofia, pois isso trará apenas alegria e autoconhecimento à sua vida.